Notícias

IBS realiza primeira etapa dos atendimentos do Programa Soja Plus em Goiás

Piracanjuba-GO

Piracanjuba-GO

Consultores do Instituto BioSistêmico (IBS) estão a campo desde o final de novembro para atendimento do Programa Soja Plus, no Estado de Goiás. Entre os meses de novembro e janeiro, foram atendidos produtores nas regiões dos municípios de Piracanjuba, Vianópolis e Uruaçu, com realização de diagnóstico para levantamento da situação das propriedades e elaboração do plano de ação para o melhoramento contínuo dos empreendimentos rurais.

O Programa Soja Plus foi criado em 2011 pela iniciativa conjunta da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado do Mato Grosso (Aprosoja – MT). O Soja Plus está presente em Goiás, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Goiás aderiu ao Soja Plus em 2017, sendo o quinto Estado do Brasil a constituir o programa, contando com a execução do IBS para aplicação do diagnóstico, plano e ação e acompanhamento da melhoria contínua das propriedades atendidas. Com essa nova adesão, espera-se promover a sustentabilidade na cadeia produtiva da soja e consolidar uma região de origem agrícola sustentável.

De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra goiana de soja de 2016/2017 foi de 10,82 milhões de toneladas, em uma área de 3,28 milhões de hectares. Com a entrada de Goiás no Soja Plus, o Estado passa a ser o segundo maior produtor em relação à área de soja cultivada

Em primeiro lugar está Mato Grosso, com uma produção de 9,4 milhões de hectares. Mato Grosso do Sul destina uma área de 2,5 milhões de hectares para a soja, seguido pela Bahia, com 1,6 milhões de hectares.

Sobre o programa

O Soja Plus é um programa de gestão transparente e participativo que busca o melhoramento contínuo da propriedade rural. Capacita gratuitamente os produtores, com distribuição de materiais e promoção de cursos sobre saúde e segurança no trabalho, adequação de construções rurais e regularização ambiental. Além disso, são realizados dias de campos e visitas técnicas para monitoramento de indicadores de desempenho nas propriedades.

Tópicos: , ,

Voltar ao topo